Campanha pelos direitos das mulheres rurais destaca atuação feminina para desenvolvimento sustentável

CNMA campanha #Mulheres Rurais, Mulheres com Direitos iniciou nesta terça-feira, 1º de outubro, com a temática de 15 dias de ativismo e mobilização para dar visibilidade à contribuição das trabalhadoras rurais para o alcance das metas da Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável.

Durante esses dias, a campanha lançará conteúdos acerca de diversos temas em relação à atuação das mulheres rurais como produtoras de alimentos saudáveis, guardiãs da terra, líderes e empreendedoras. Sob o tema Futuro é junto com as mulheres rurais, neste primeiro dia de mobilização, as ações foram voltadas à sensibilização sobre as desigualdades de oportunidades.

A ação culmina em 15 de outubro, data que celebra o Dia Internacional das Mulheres Rurais, mas a campanha prossegue com atividades em outras datas chaves até o fim do ano. A programação integra a Estratégia Regional de Gênero lançada pela Organização das Nações Unidas.

A campanha é organizada pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e, no Brasil, é apoiada pela Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

MMM
A Confederação Nacional de Municípios (CNM), com apoio do Movimento Mulheres Municipalistas (MMM) – cujo objetivo é promover o protagonismo da mulher na política local - dissemina a campanha anualmente por meio da divulgação entre os gestores locais.

Neste ano, uma ação reforça a atuação do MMM. O grupo será responsável pela organização de mesa que trabalhará a temática das mulheres rurais, em parceria com a FAO e o Mapa durante o Congresso Brasileiro de Gestores da Agropecuária. O evento acontece entre os dias 5 e 7 de novembro, no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília.

Da Agência CNM de Notícias, com informações do Mapa

Apoio institucional:
Realização:
Organização:
Agência oficial:
Apoio: